“Nun dezasete de maio…” – Manuel Domínguez

14 Maio 2024

No dia 17 de maio de 2019 veu a este mundo, não sei se era menino ou menina, uma vida muito especial, uma vida que nos incentiva a viver, a lembrar, uma vida que mantém a esperança de um projeto vivo.

Já são 5 anos, no mundo da informação, dia a dia, onde a notícia é o ar que você respira, 5 anos no mundo do éter e seu irmão no papel saíram às ruas 60 vezes, com tiragem entre 7.000 e 10.000 exemplares, que os Barbanzanos podem desfrutar com uma média de três ou 4 leitores, podem fornecer informação a mais de 30.000 Barbanzanos

Excelentes canetas dão vida a este jovem de 5 anos, o tema é tão amplo e variado como a realidade, cada um com o seu.

Quando digo barbanzanos, não excluo os emigrantes de outras terras, que recorrem a Barbanza.gal para saber o que se passa na terra, ou para consultar uma opinião ou comentário.

Nos próximos cinco anos, será uma década de sua existência, que os deuses do Olimpo deixem minha caneta continuar a viver.

Feliz Dia das Letras Galegas.

Nos vemos

Outros artigos

“Día das Letras Galegas 2025”. Manuel Dominguez

Andrés do Barro, cantante, compositor de soul galego, grandes éxitos dende 1975 onde as linguas do Estado foron confinadas, censuradas, ata acadar o primeiro posto nas listas dos discos máis vendidos en España tres veces seguidas: primeiro en 1969 con O trem , logo en...

+

“O Barbanza: Cinco anos de xornalismo independente”

Hai cinco anos, en maio do 2019 nacía na súa edición dixital obarbanza.gal e uns días despois na de papel O Barbanza, sempre en galego e baixo a cobertura do Grupo Código Cero Comunicación. Dicíamos daquela que eramos un grupo de profesionais decididos a aventurarnos...

+

Publicidade

Revista en papel

Opinión